MOTIVAÇÃO e PRODUTIVIDADE durante a Pandemia.

É exatamente esse o momento para motivar seus funcionários.

A pandemia do coronavírus criou uma tremenda incerteza, ainda não está claro quanto tempo vai durar e quão devastadora será.


Os funcionários estão sob grande estresse, tanto pessoal quanto profissional. Para muitos, esse estresse é indubitavelmente exacerbado pela necessidade do distanciamento social, o que pode fazer as pessoas se sentirem ainda mais isoladas.


Apesar do caos estabelecido, as empresas podem ajudar a reduzir a incerteza de seus funcionários, e melhorar sua produtividade em casa, isso se consegue através de uma comunicação eficaz para toda a organização.


O que, então, os gestores podem fazer para ajudar os profissionais a enfrentarem esse momento difícil?

1 - Comunicação mais clara e honesta


Primeiro, é sabido que as incertezas contribuem muito para o estresse e a ansiedade dos funcionários. Sendo mais transparentes e discutindo os piores cenários, os gerentes podem reduzir o estresse, e também outros resultados disfuncionais, como fofocas e comprometimento reduzido, o que geralmente ocorrem quando os funcionários são confrontados com situações incertas.


Além disso, o compartilhamento de informações é frequentemente visto como um indicador de confiança, e os gestores mais abertos também são vistos como mais confiáveis.


2 - Metas atingíveis


Reconheça que é uma crise e que isso faz parte do negócio. Saiba que o trabalho provavelmente será afetado e os negócios diminuirão. Mas tranquilize a equipe: “Nós vamos passar por isso!”

Reduza a pressão por metas inatingíveis, ajuste-as o quanto antes, a certeza do insucesso nos objetivos apenas gera mais estresse, redução da autoestima e baixa produtividade.


São muitas as pesquisas que indicam que o estresse é maior quando os funcionários estão trabalhando em contextos com altas demandas e metas irrealizáveis.

Caso haja a necessidade de cortes ou retirada de benefícios, faça-os rápido e aponte para o futuro com otimismo.


3 - Estabeleça desafios curtos e comemoráveis


As reações aos processos estressores do trabalho geralmente são uma questão de percepção, e variam entre os indivíduos.


Em particular, quando os funcionários veem situações estressantes como um desafio de curto prazo, tendem a exibir maior motivação e desempenho; no entanto, quando esses fatores são vistos como um longo e grande obstáculo que impeça o alcance de seus objetivos, a motivação e o desempenho dos funcionários tendem a cair.


Portanto, estabeleça desafios curtos nesta fase, e comemore quanto atingidos integramente ou parcialmente, proporcionando a recuperação do otimismo e a autoconfiança da equipe.


4 - Maior autonomia a seus subordinados


Embora os gerentes tenham dificuldade em reduzir as demandas de trabalho durante essa pandemia, eles devem conseguir capacitar seus funcionários, dando-lhes maior autonomia e autoridade para tomar decisões, e isso pode fazer uma diferença significativa, pois a autonomia aumenta a criatividade e a motivação, e portanto, a produtividade.


Os gerentes devem fazer o possível para eliminar processos burocráticas que dificultam o desempenho de seus funcionários. Por exemplo, algumas organizações têm regras que tornam difícil para os funcionários trabalharem em casa ou fazê-lo sem sentir que estão sob vigilância constante. Tais políticas apenas aumentam o estresse dos funcionários.


5 - Empatia


Compartilhe que você sabe que esse é um momento atípico. Reconheça que é normal ficar ansioso. Incentive os funcionários a praticarem atividades físicas, exercícios de alongamento e relaxamento, ouvir música relaxante sempre em intervalos regulares durante o trabalho em casa.

Incentive a alimentação saudável e ponha agora para funcionar todos os recursos que disponibilizar para o suporte à saúde mental de seus funcionários.


O momento é de “ser humano”


O coronavírus está aqui e está atrapalhando nosso modo de vida. Aqueles que têm a sorte de manter seus empregos precisarão de encontrar novas maneiras de trabalhar.


Os gerentes devem estar virtualmente acessíveis, disponíveis e presentes para seus funcionários. De fato, sabemos que o apoio social durante a pandemia pode ajudar muito as pessoas a lidarem com o estresse, o distanciamento social tem de ser visto como separação física, e não como isolamento social ou psicológico.

Durante esse período difícil, os gerentes precisam estar especialmente atentos ao comportamento de seus trabalhadores.


Ao fornecer os itens descritos acima, comunicação mais aberta e honesta, metas atingíveis, desafios curtos e comemoráveis, maior autonomia e empatia, os gerentes podem ajudar a tornar esse período difícil menos avassalador, e muito mais motivador e produtivo.



Luiz Fernando Viana

Diretor de operações na Expert Ocupacional

www.expertocupacional.com.br

luiz@bpmgestao.com.br

0 visualização

©2019 Produzido por Expert Ocupacional. 

WhatsApp_Logo_1.png